François Curiel negociando no telefone com um cliente, para arrematar o colar indiano com o diamante Taj Mahal, foi um espetáculo à parte. E o valor obtido foi surpreendente. Ele foi quem conduziu a primeira metade do leilão, mas eu não tinha nem fôlego para começar a caçar umas imagens, rs

 

Adorei esse trabalho. Para onde eu mando o cv?

 

Este aqui já é mais difícil, de mais responsabilidade, mas deve pagar bem, né?

 

Havia lances chegando do mundo todo

 

Assim como havia lances vindos do salão. Pena que não consegui pegar a imagem de nenhuma bidder paddle, os lances do salão são muito rápidos. Tem um ali na mão do rapaz que fez lances pelo broche The Night of the Iguana, vendido por um milhão de dólares + taxas

 

Rahul Kadakia, o segundo leiloeiro, se empolga e começa a saltar de 100 em 100 mil e quando o pessoal endurece, ele começa a subir de 50 em 50. A melhor parte é quando, já nos últimos lances, ele pergunta: no more fifties left? O colar de rubis e o sautoir de safiras arrancaram aplausos e risadas da platéia

 

Assim como La Peregrina foi logo no início da sessão para animar o público e quebrou todos os recordes imagináveis(10,8milhões), as peças mais famosas ficaram para o final: o broche de diamantes da Duquesa de Windsor, a tiara Mike Todd e o diamante Krupp. O broche, que é uma peça histórica dobrou o valor estimado. A MINHA tiara surpreendeu até o pessoal da Christie’s, que começou a dar risadas antes da batida do martelo. Ela foi vendida por 3,7 milhões – 46 vezes mais do que o lance inicial. Já o anelão de diamante decepcionou as massas. Ele foi vendido por míseros 7,3 milhões de dólares. Uma mixuruquice, rs. Rahul Kadakia tirou água de pedra e no final já estava entregando os pontos, quando disse: it is Elizabeth Taylor’s diamond. E logo em seguida apelou: She wore it everyday…

Resumindo, O leilão foi emocionante. La Peregrina arrasou, o Krupp deixou a desejar. Esmeraldas, safiras e rubis foram divinamente bem. Minha tiara fou um sucesso incrível!

Agora é nos acostumarmos com a ideia de que Dame Elizabeth Taylor não vai mais se casar, nem fazer participações especiais ou entrevistas, nem desfilar suas lindas joias diante das câmeras.  E, provavelmente, nunca mais estas lindas joias serão vistas, a não ser que voltem a leilão daqui há algumas décadas. Como Elizabeth costumava dizer, as gemas são um presente de Deus retirado da terra e as joias não nos pertencem, apenas estão sob nossa custódia temporária. Pois é. Agora que sua custódia se encerrou, tomara que tenham achado novos proprietários que cuidem bem delas e que esse dinheirão todo ajude a encontrar a cura da Aids.

Tags: , , , , , , , , , , , ,