Cocktail Ring com zultanita e pavê de diamantes em ouro branco, de Stephen Webster

O mundo da joalheria é tão fantástico! Há dias em que a gente até descobre uma gema da qual nunca ouviu falar. Stephen Webster, joalheiro inglês de quem já falei aqui, lançou no meio do ano passado uma série de peças da coleção Couture com Zultanitas, gemas que mudam de cor num efeito caleidoscópico maravilhoso.

Fui descobrir que ela é uma gema do grupo dos diásporos (depois de checar 3 fontes diferentes, elegi esta grafia, rs), com presença de hidróxido de alumínio e manganês, descoberta nos anos 70. O mais legal é que não é uma variação de duas cores, como na Alexandrita e na Andaluzita. São pelo quatro cores que tornam esta gema encontrada em minas na Turquia tão especial. Para completar, a Ottoman Gems informa que trabalha seguindo os preceitos da mineração sustentável, desde 2006, quando a zultanita passou a ser explorada comercialmente.

As variações de cor da zultanita, conforme a incidência de luz (www.zutanite.com)

A reunião dos talentos de Stephen Kotlowski e Stephen Webster criou o Sultan’s Shield. Em 2009, Kotlowski levou 30 horas para concluir a lapidação da maior zultanita já encontrada. Dos 362,65 quilates da gema bruta, ele chegou a magníficos 96,20 quilates de perfeição. Webster se apropriou desta beleza para criar um colar espetacular!

Colar com zultanita pesando 96,20 quilates e pavê com 1.117 diamantes pesando 20,92 quilates em ouro branco, em que leva o mesmo nome de sua gema central, Sultan’s Shield ou Escudo do Sultão. A joia está avaliada em 2,6 milhões de reais e foi criada por Stephen Webster em 2011

Tags: , , ,