Boucheron construiu uma coleção enorme sobre o conceito do Cabinet de Curiosités. Selecionei uma peça de cada tema para vocês: Broche Cyprus – Ondas aquáticas, Anel Hathi – Desfile Exótico, Brincos Camaleão – Natureza Brincalhona, anel Pégasus – Contos e Lendas, Anel LadyHawke – Asas do Desejo e Colar Adão – Serpentes Enfeitiçadas

Aconteceu no dia 26 de janeiro em Paris a apresentação das coleções de Alta Joalheria. Mellerio dits Meller foi uma baixa e novos nomes não se uniram às casas que participaram da edição do ano passado.  O movimento das joalherias, para atrelar seus lançamentos à semana de moda parisiense e ganhar visibilidade mundial, parece ser esforço demais para a maioria das empresas. Afinal de contas, alta joalheria significa idéias geniais, busca das gemas ideais e milhares de horas de trabalho. Complicado achar que isso pode ser sazonal. Tanto é assim que Chanel apresentou novas peças de coleção já existente, Van Cleef & Arpels concentrou seus esforços em 4 desenhos e o resto vocês vão ver agora.

Prometo trazer detalhes (imagens e informação) na medida em que eles forem aparecendo por aí.

Chanel foi até a Veneza dos anos 20, onde aparentemente a própria curtiu alguma decepção amorosa, termo francês para dor de cotovelo. Desta visita surgiu a coleção Secrets d’Orients, composta de joias que refletem o encontro de culturas diversas naquela deslumbrante cidade. São sete temas que renderam 28 peças de alta joalheria, com uso expressivo de gemas de cor. Os nomes são muito atraentes Vénitienne, Persane, Mosaïque, Camélia Dentelle, Pastel, Coupole e Byzance. O colar em homenagem à Veneza com safiras e diamantes sai por 350 mil euros

Chaumet é uma das joalheria mais antigas em operação, foi fornecedora oficial de Napoleão e é conhecida por uma especialidade: diademas e tiaras para as cabeças reais européias. A abelha era o emblema de Napoleão e a joalheria reverencia sua própria história com a coleção Bee my Love, composta de 30 peças de alta joalheria onde as abelhas aparecem desfrutando da beleza das gemas coloridas

Dior trouxe 4 novos anéis da coleção Rose Bagatelle e 4 brincos da coleção Bois de Rose, dos quais serão realizadas 8 peças. Imagens que é bom nada. Stay tuned

Van Cleef & Arpels prima por ser elegante e atemporal, mas como não é de ferro foi buscar referências na década de 50, assim como o pessoal da moda vem fazendo. Seu famosísimo colar ZIP foi apresentado em quatro novas variações: a primeira com lápis-lázuli, pérolas, madrepérolas e diamantes; a segunda com turquesas, cloromelanita (nunca ouvi falar, mas darei uma estudada) e crisoprásio; a terceira com safiras e diamantes; e a última, da qual só achei o desenho, com esmeraldas, ônix e diamantes

Mais sobre Cabinets de Curiosités vocês acham aqui e sobre os delírios de 2010, aqui.

Tags: , , , ,