Animale – não curto coleiras. Estas, apesar de bonitas, não devem ser nada confortáveis. Por uma moda mais digna…

 

Tufi Duek – nada como ser ousado para chamar atenção. Amo!

 

Betony Vernon criou uma peça que já foi vista sendo usada por pessoas muuuito abusadas: o Petting Ring, que faz parte da coleção Paradise Found (= Paraíso Encontrado). Se por um lado, o anel força uma das posturas das mãos mais conhecida de yoga, por outro lado, dizem que faz maravilhas à portas fechadas. Em ouro amarelo, a joia com vocação para sex toy custa quase 12 mil euros. Vai experimentar?

 

Cori – mais coleiras? medo

 

Osklen – ué? Os espetinhos do inverno 2010 da Animale?! Pelo menos a pulseirinha é novidade…

 

Pedro Lourenço – amei a elegância desses braceletões. E o detalhe parece ser em couro

 

Iódice – da parceria com Fabrizio Giannone nasceram serpentes em tons variados

 

Reinaldo Lourenço – Finalmente um desfile nacional com joias para valer. Jack Vartanian conseguiu manter sua identidade e pontuar divinamente bem o desfile. As peças são em ouro branco com diamantes e ágata ou calcedônia ou ônix

 

Ellus – a atitude rocker da marca com um glam a mais na pulseira com o que eu espero que seja pelúcia e não pele

 

Mario Queiroz – o estilista fez do upcycle sua bandeira. A joalheria Rommanel, parceira de outras temporadas, compôs peças a partir de partes já existentes e a designer e Bia Bender criou elementos para as lapelas com materiais variados e resultado lindo

 

Huis Clos – simples e chique como a marca

 

Samuel Cirnansck – foi o maior representante do que eu chamo “Prá que Acessório?”. Adorei

 

Cavalera – mais rockers, só que agora em brincos muito usáveis e fofos (heim? É estou assim, sem muita inspiração)

 

Juliana Jabour – nada como um bom classicão para montar um look. Ai, minhas presas!

 

Gloria Coelho – pulseiras que seguem a linha desenvolvida pela estilista em temporadas passadas. Um luxo poder trazer um pouquinho de desfiles anteriores de uma forma tão discreta

 

Lino Villaventura – tiaras que lembram muito uma peça do século XIV-XV que já postei aqui

 

Neon – adorei a simplicidade sem perder o ar abusado

 

Fernanda Yamamoto – A parceira de outras temporadas, Rosely Kasumi, criou broches e anéis com moedas e outro garimpagens. No meio de uma temporada totalmente sem graça nos acessórios, a dupla leva o prêmio Bijoux Bliss de belezura e criatividade

Tags: , , , , ,