Rachel Zoe – como era de se esperar de uma das mais famosas stylists americanas que virou estilista, o desfile apresentou o conjunto mais coerente e usável de acessórios, embora alguns críticos tenham dito que os acessórios – inclusive chapéus e bolsas – tiraram o foco da coleção

Rachel Zoe – brincos franjados, mas levemente originais, e pulseiras muito bonitas

Rachel Zoe é a primeira estilista de quem eu coloco uma imagem no blog. Afinal de contas, na edição dos acessórios ela guardou para si as peças mais poderosas, rs

J. Mendel – se alguém entender o novo conceito de primavera/verão, por favor, explique

Proenza Schouler – a estética “com a corda no pescoço” em sua segunda aparição na temporada (dá uma olhada na abertura da primeira parte)

Marchesa – viagem à Índia com tudo que se tem direito: colar, brincos, pulseira e anel

Anna Sui – retoma os camafeus explorados pela Prada na temporada passada, com uma pegada ora punk ora fofa, mas sempre adorável

Anna Sui – a moça começou uma princesa de tiara e tudo

Ana Sui – depois caprichou nos couros e fivelas

Anna Sui – depois voltou para a maior delicadeza com camafeus, conchas e pérolas, quase lady like

Anna Sui – e deixou alguma pedraria e pérolas de montão para os acessórios mais poderosos

Cynthia Rowley – pulseirões dourados bem legais

Ralph Lauren – viajou para algum lugar cheio de latinidade e com comércio de contas de pasta de vidro africanas. Estes colares fizeram a minha alegria!

Ralph Lauren – depois ele deu uma passadinha numa plaza de toros

Ralph Lauren – para completar, ele deu um pulo num tablao flamenco

Ralph Lauren – tanto na composição ultra feminina quanto na alfaiataria, houve apenas espaço para um brinco solitário

Ralph Lauren – no mais foram muuuitos brincões brincando com o rendado negro e a pedraria em gotas

Ralph Lauren – os bordados desta blusa me enlouqueceram. Taí um look que dispensaria acessórios

Zang Toi – gostei muito das flores modernas e das torsades de pérolas bem antiguinhas

VPL by Victoria Bartlett – esculturas em madeira, resina e cordas

Vivienne Tam – um desfile lindo com acessórios totalmente vinculados à coleção

Vivienne Tam – colares geométrico complementavam os recortes e cores dos principais looks

Vena Cava – metais oxidados em peças fortes. Amei!

4 Cornes of a Circle – pequenas esculturas em madeira (ou resina) e gemas brutas. Adorei!

The Blonds – Oi?!

Tess Giberson – às vezes tudo o que a gente precisa é de uma pulseirinha enrolada no pulso. Branco e prata – AMO!

Suzanne Rae – metal com aspecto plissado para formar golas e punhos

Sachin + Babi – tirem das suas gavetas ou das de suas mães todas as bijuterias indianas dos anos 80 e usem sem medo

Ruffian – colares e pulseiras com todo o decorativismo que a moda pede, só que um pouquinho mais francês do que italiano. Eu gosto muito

Nonoo – três variações de brincos grandes e dourados para looks bem estranhos

Mulberry – braceletão dourado com flor divertida

Eu queria ter falado sobre os acessórios da marca da Katie Holmes em sua fase pós-cientologia, sobre os brasileiros que desfilaram em NYC, mas esse povo não colocou nem um brinco de bolinha na passarela. Agora só me resta criar coragem para acompanhar os desfiles de Paris. Aguardem!

 

 

Tags: , , , , , ,